for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Trump diz que "fará outras coisas" se perder eleições de 2020

Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. 11/6/2020. REUTERS/Jonathan Ernst

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que irá fazer outras coisas caso perca as eleições do dia 3 de novembro, após seu adversário democrata Joe Biden dizer que o republicano poderia trapacear e se recusar a deixar a Casa Branca.

“Certamente, se eu não ganhar, eu não ganhei. Quer dizer, você sabe, ir adiante e fazer outras coisas”, disse Trump à TV Fox News em entrevista transmitida nesta sexta-feira.

Enquanto a corrida entre Trump e Biden aquece antes das eleições, os dois têm afirmado crescentemente que o outro lado tem intenção de trapacear para vencer o pleito.

Biden, que lidera a maioria das pesquisas nacionais, disse no início da semana que sua maior preocupação era a de que Trump tentasse “roubar” a eleição, embora o ex-vice-presidente não tenha esclarecido sobre como Trump poderia trapacear. Biden disse que está confiante que soldados retirariam Trump da Casa Branca caso ele perca e não reconheça o resultado.

O comentário de Trump para a Fox News sugeriu que ele poderia aceitar o resultado das eleições, mas o presidente não disse isso especificamente. O porta-voz da campanha de Trump Tim Murtaugh disse na quinta-feira que Trump aceitaria o resultado.

Trump acusou os democratas de tentarem usar o aumento de votos por correspondência como meio de fraudar as eleições, enquanto Biden prometeu levar advogados para as zonas eleitorais de todo o país para fiscalizarem os esforços do republicanos em suprimir a votação.

Especialistas e autoridades eleitorais estão se preparando para eleições potencialmente tumultuadas.

Reportagem de Jason Lange

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up