for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

AstraZeneca negocia fornecimento de vacina da Covid-19 com Brasil, Japão, Rússia e China

AMSTERDÃ (Reuters) - A AstraZeneca está conversando com Brasil, Japão, Rússia e China sobre acordos de fornecimento para sua potencial vacina contra o novo coronavírus, disse o chefe da empresa neste sábado, enquanto a farmacêutica britânica se prepara para publicar os resultados da primeira fase de testes.

A Agência Reguladora de Medicamentos e Produtos para a Saúde (MHRA) do Reino Unido aprovou o início dos testes da fase 3 da vacina depois que os estudos mostraram eficácia e segurança suficientes, disse Pascal Soriot, presidente-executivo da empresa, em uma teleconferência com repórteres.

As declarações foram feitas depois que a empresa prometeu entregar 400 milhões de doses de sua vacina aos países europeus, no mais recente acordo de fornecimento firmado, à medida que governos de todo o mundo lutam para obter acesso a vacinas para combater a pandemia.

Holanda, Itália e Alemanha terão um grande papel na fabricação da vacina na Europa, disse Soriot. Ele acrescentou que a empresa espera saber até o final do verão europeu se a vacina, que ele disse que custará poucos dólares por dose, funcionará.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up