for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

AstraZeneca fecha acordo para fornecer 400 milhões de doses de vacina da Covid-19 para Europa

ROMA (Reuters) - A farmacêutica britânica AstraZeneca informou, neste sábado, que assinou contrato com Itália, Alemanha, França e Holanda para fornecer à Europa uma vacina contra o novo coronavírus, com as entregas começando no final de 2020.

O contrato é para até 400 milhões de doses da vacina, que está sendo desenvolvida em parceria com a Universidade de Oxford, disse a empresa, acrescentando que está buscando maneiras de expandir a produção da vacina, que prometeu fornecer sem margem de lucro durante a pandemia.

“Com nossa cadeia de fornecimento preparada para começar a produção na Europa em breve, esperamos tornar a vacina disponível ampla e rapidamente”, disse o executivo-chefe da empresa, Pascal Soriot, em um comunicado.

A fase de testes da vacina já está avançada e deve terminar durante o outono do hemisfério norte, afirmou o ministro da Saúde da Itália, Roberto Speranza, em uma publicação no Facebook.

A AstraZeneca fechou acordos de produção ao redor do mundo para chegar ao objetivo de fazer 2 bilhões de doses da vacina, incluindo com dois empreendimentos apoiados por Bill Gates e um contrato de 1,2 bilhão de dólares com o governo dos Estados Unidos.

Não há vacinas ou tratamentos aprovados para a Covid-19, a doença respiratória altamente contagiosa causada pelo novo coronavírus.

“Muitos países do mundo já garantiram vacinas, a Europa ainda não. A ação rápida e coordenada de um grupo de países-membros valorizará todos os cidadãos europeus nesta crise”, afirmou o ministro da Saúde da Alemanha, Jens Spahn.

A Comissão Europeia recebeu orientações dos governos do bloco, na sexta-feira, para negociar compras avançadas de promissoras vacinas contra o coronavírus, disse o principal oficial sanitário da UE, mas não ficou claro se haverá dinheiro suficiente disponível.

Reportagem de Giuseppe Fonte, em Roma, e Rama Venkat, em Bangalore; Reportagem adicional de Madeline Chambers, em Berlim; Anthony Deutsch, em Amsterdã; e Ludwig Burger

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up