for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Homem é preso por urinar em memorial de policial morto em Londres

LONDRES (Reuters) - Um homem de 28 anos foi preso por suspeita de urinar no memorial de um policial assassinado, durante protestos de extrema direita no centro de Londres no sábado, informou a Polícia Metropolitana da capital britânica.

O homem foi colocado sob custódia em Essex, na região leste de Londres, depois de se apresentar em uma delegacia, informou a polícia.

Manifestantes de extrema-direita entraram em confronto em Londres no sábado com manifestantes antirracistas, enquanto a polícia tentava manter os dois lados separados.

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, condenou a violência, dizendo que “brigas racistas não têm lugar em nossas ruas”.

O memorial de Westminster homenageia Keith Palmer, que foi assassinado em serviço nas Casas do Parlamento durante um ataque em 2017 que também vitimou outras quatro pessoas.

O comandante da polícia, Bas Javid, disse no sábado: “Estamos cientes de um vídeo repugnante e abominável que circula nas mídias sociais de um homem que parece urinar no memorial de Palmer.”

“Sentimos muito pela família, amigos e colegas de Palmer. Lançamos imediatamente uma investigação e reuniremos todas as evidências disponíveis para tomarmos as medidas apropriadas.”

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up