for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Trump sanciona lei que determina sanções a chineses por tratamento a uigures

Presidente dos EUA, Donald Trump 17/06/2020 REUTERS/Tom Brenner

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sancionou nesta quarta-feira lei que designa sanções contra responsáveis pela repressão aos muçulmanos uigures na província chinesa de Xinjiang, informou a Casa Branca em comunicado.

O projeto de lei, aprovado no Congresso dos EUA quase por unanimidade, pretende enviar à China uma forte mensagem sobre direitos humanos, determinando sanções contra os responsáveis pela opressão de membros da minoria muçulmana chinesa.

A Organização das Nações Unidas (ONU) estima que mais de um milhão de muçulmanos foram detidos em campos em Xinjiang.

Trump não realizou uma cerimônia para destacar a medida, que foi divulgada no momento em que jornais dos EUA publicaram trechos de um novo livro de seu ex-assessor de segurança nacional John Bolton.

Entre outras alegações no livro, Bolton disse que Trump procurou ajuda do presidente chinês, Xi Jinping, para obter a reeleição durante uma reunião a portas fechadas em 2019, e que Trump afirmou que Xi deveria prosseguir com a construção dos campos em Xinjiang.

Reportagem de Patricia Zengerle

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up