for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Japão suspende restrições de viagens para ajudar recuperação econômica

Jogo de beisebol com portões fechados no Japão 19/06/2020 REUTERS/Jack Tarrant

TÓQUIO (Reuters) - O Japão suspendeu todas as restrições de viagens domésticas relacionadas ao coronavírus nesta sexta-feira, com o primeiro-ministro, Shinzo Abe, convidando as pessoas a passear ou assistir a shows e outros eventos para ajudar a economia do país a se recuperar da recessão.

O Japão começou a suspender suas medidas de isolamento em maio, quando o número de infecções por coronavírus caiu. A última flexibilização na quinta-feira ocorre após o fim de uma declaração de emergência que permitiu que as pessoas voltassem ao trabalho e que bares e restaurantes implementassem medidas de distanciamento social para voltar a funcionar.

“Gostaria que as pessoas, mantendo o distanciamento social, saíssem em passeios turísticos. Gostaríamos que você se esforçasse para se envolver em atividades sociais e econômicas”, disse Abe em um discurso ao país na quinta-feira.

Qualquer recuperação, no entanto, pode ser lenta porque muitas pessoas ainda estão evitando aglomerações e a maioria das viagens ao Japão ainda é restrita. Apenas 1.700 estrangeiros chegaram ao Japão em maio, o número mais baixo para o período desde 1964, segundo a Organização Nacional de Turismo do Japão.

Além de encerrar o alerta de viagens domésticas, o Japão também permite que até 1.000 pessoas se reúnam em eventos internos e externos. As equipes profissionais de beisebol também reiniciarão os jogos nesta sexta-feira, embora ainda sem público.

Até quinta-feira, o Japão registrou 17.789 casos de coronavírus com 948 mortes, segundo a emissora estatal NHK.

(Por Tim Kelly)

((Tradução Redação São Paulo; 55 11 56447727))

REUTERS PS AC

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up