for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Coreia do Sul enfrenta segunda onda de Covid-19

Pessoas aguardam em fila com distanciamento social para comprar ingressos para teatro em Seul 18/06/2020 REUTERS/Daewoung Kim

SEUL (Reuters) - Autoridades de saúde da Coreia do Sul afirmaram pela primeira vez nesta segunda-feira que o país enfrenta uma segunda onda de novas infecções por coronavírus decorrentes de um feriado em maio, com um dezenas de casos confirmados.

O Centro para Controle e Prevenção de Doenças da Coreia do Sul (KCDC) havia informado anteriormente que a primeira onda no país nunca havia realmente terminado.

No entanto, a diretora do KCDC, Jeong Eun-kyeong, disse nesta segunda-feira que ficou claro que um feriado no início de maio marcou o princípio de uma nova onda de infecções concentradas principalmente na região de Seul, que vinha registrando poucos casos.

((Tradução Redação Rio de Janeiro, +5521 2223 7141))

REUTERS DM PF

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up