for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Trump promove indústria em viagem a Wisconsin, Eestado onde Biden lidera pesquisas

Presidente dos EUA, Donald Trump, discursa na Marina Fincantieri Marinette 25/06/2020 REUTERS/Carlos Barria

MARINETTE, Wisconsin (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que está atrás nas pesquisas sobre as eleições presidenciais de novembro, visitou uma instalação de construção naval no Estado de Wisconsin nesta quinta-feira para promover seu histórico na área industrial e alavancar o apoio entre o eleitorado, que pode ser crucial para sua reeleição.

Trump foi à Marina Fincantieri Marinette, uma empresa de construção naval em Marinette, após fazer um parada inicial em Green Bay para participar de uma reunião na prefeitura da cidade com o canal Fox News.

A Marinha norte-americana cedeu em abril à italiana Fincantieri um contrato de 5,5 bilhões de dólares para construir sua nova classe de embarcações militares, conhecidas como fragatas, algo que Trump louvou em um post no Twitter enquanto chegava no Estado do Meio-Oeste.

Trump está bem atrás do ex-vice-presidente Joe Biden, virtual candidato do Partido Democrata, nas pesquisas em Wisconsin, onde o republicano venceu por uma margem apertada nas eleições de 2016.

O presidente republicano tem sido pressionado por sua condução diante da pandemia do coronavírus e dos protestos por direitos civis em todo o país. Seus conselheiros querem que ele se volte para seu histórico econômico no período anterior à pandemia, convencendo os eleitores que ele será a melhor opção para devolver ao país sua força econômica.

Trump há muito promete trazer a indústria de volta para os Estados Unidos, igualando esse esforço com a renovação norte-americana. No estaleiro, o presidente disse que o futuro da instalação parecia sombrio há pouco tempo, mas que “então muitas coisas boas vieram”.

“A indústria, lembrem-se, a indústria nunca iria voltar. Bem, a indústria voltou. E voltou grande”, disse Trump.

Reportagem de Jeff Mason; Reportagem adicional de Susan Heavey

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up