June 26, 2020 / 8:54 PM / in 14 days

Buenos Aires retornará a isolamento rígido de 1º a 17 de julho, diz presidente argentino

Médico atente paciente da Covid-19 em hospital nos arredores de Buenos Aires 24/06/2020 REUTERS/Agustin Marcarian

BUENOS AIRES (Reuters) - Buenos Aires e os arredores da capital argentina irão retornar a um estágio rígido de isolamento obrigatório entre 1º e 17 de julho, informou o presidente da Argentina, Alberto Fernández, nesta sexta-feira, à medida que o governo tenta reduzir a aceleração das infecções pela Covid-19 que ocorreram nas últimas semanas.

Até sexta-feira, a Argentina registrava um total de 52.457 casos, com 1.167 mortes, números consideravelmente inferiores aos de alguns países vizinhos sul-americanos, mas que poderiam crescer exponencialmente em julho, segundo vários especialistas.

“Precisamos ganhar tempo para garantir que nosso sistema de saúde melhore e possa servir a todos, absolutamente todos os argentinos. A quarentena é um remédio para a pandemia, o único que conhecemos”, disse Fernández em pronunciamento pela televisão.

(Por Nicolás Misculin)

Tradução Redação Brasília, 55 61 33296012 REUTERS GP PF

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below