for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Diretor dos institutos de saúde dos EUA está otimista que haverá vacina até final do ano

Diretor dos Insritutos Nacionais de Saúde dos EUA, Francis Collins, durante audiência no Congresso em Washington 02/07/2020 Graeme Jennings/Pool via REUTERS

NOVA YORK (Reuters) - O diretor dos Institutos Nacionais de Saúde (NIH) dos Estados Unidos, Francis Collins, disse nesta quinta-feira em audiência no Senado norte-americano que está otimista que o programa de aceleração de vacinas do governo do presidente dos EUA, Donald Trump, vai gerar uma imunização segura e efetiva contra a Covid-19 até o final do ano e que a meta de fabricar 300 milhões de doses dessa vacina até o início de 2021 pode ser cumprida.

Na audiência, Collins também disse que os EUA têm o objetivo de ter à disposição 1 milhão de testes rápidos para detecção da doença por dia em algum momento por volta de setembro, para permitir a reabertura de escolas e a retomada de eventos esportivos.

Reportagem de Michael Erman

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up