for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Reino Unido sofrerá consequências se decidir que China é país hostil, diz embaixador

Embaixador da China no Reino Unido, Liu Xiaoming, em Londres 26/01/2020 REUTERS/Simon Dawson

LONDRES (Reuters) - O Reino Unido terá de suportar as consequências se considerar a China um país hostil ao decidir se deve permitir que a Huawei se envolva nas redes de telecomunicações britânicas, disse o embaixador chinês no Reino Unido nesta segunda-feira.

“Queremos ser seu amigo. Queremos ser seu parceiro. Mas se você quer tornar a China um país hostil, terá de suportar as consequências”, disse Liu Xiaoming a repórteres.

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, disse na semana passada que tomaria uma decisão cuidadosa sobre a Huawei porque o governo não queria que nenhuma infraestrutura crítica fosse controlada por “fornecedores estatais potencialmente hostis”.

Por Kate Holton

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up