for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Alemanha, Egito, França e Jordânia alertam Israel sobre anexação de partes da Cisjordânia

Palestinos protestam contra plano israelense de anexação de partes da Cisjordândia 07/07/2020 REUTERS/Mohammed Salem

BERLIM (Reuters) - Os ministros das Relações Exteriores do Egito, da França, da Alemanha e da Jordânia disseram nesta terça-feira que discutiram sobre como reiniciar “um engajamento frutífero” entre os lados israelense e palestino, acrescentando que apoiariam qualquer tentativa de manter negociações.

“Concordamos que qualquer anexação de territórios palestinos ocupados em 1967 seria uma violação do direito internacional e colocaria em risco as bases do processo de paz”, afirmaram os ministros em comunicado divulgado pelo Ministério das Relações Exteriores da Alemanha após uma videoconferência.

“Não reconheceríamos nenhuma mudança nas fronteiras de 1967 que não fosse acordada por ambas partes no conflito. Também concordamos que esse passo teria sérias consequências para a segurança e a estabilidade da região e constituiria um grande obstáculo aos esforços que visam alcançar uma paz abrangente e justa”, disseram os ministros, acrescentando que as mudanças também podem ter consequências para os laços com Israel.

Por Michelle Martin

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up