for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Nova Délhi pode ter milhões infectados pelo coronavírus, diz pesquisa

Funcionária de equipe médica mede temperatura de homem em escola em Mumbai, na Índia 10/08/2020 REUTERS/Francis Mascarenhas

MUMBAI (Reuters) - Quase 30% da população da capital indiana de Nova Délhi provavelmente foi infectada pelo novo coronavírus, de acordo com uma pesquisa sorológica com 15 mil pessoas realizada pelo governo local – uma cifra que indica que a quantidade de infecções é muito mais alta do que a registrada.

A pesquisa, que examinou uma amostra da população para detectar a presença de anticorpos, foi feita no território da capital nacional na primeira semana de agosto, disse o ministro da Saúde, Satyendra Jain, em uma coletiva de imprensa nesta quinta-feira.

“Descobrimos que 29,1% da população de Délhi tem anticorpos, o que significa que foi infectada e curada”, disse Jain.

Nova Délhi tem 20 milhões de habitantes, e já registrou um total de 140.767 casos de Covid-19 – a Índia tem 2,84 milhões de casos.

As descobertas da pesquisa se alinham ao que outras cidades, como Mumbai e Pune, descobriram: que um número considerável de pessoas foi infectado.

A Índia relatou um salto diário recorde de 69.652 infecções por coronavírus nesta quinta-feira, como mostram dados do Ministério da Saúde federal. As mortes aumentaram em 977 e chegaram a 53.866.

Tais cifras fazem dela o país mais afetado da Ásia e o terceiro do mundo, só atrás de Estados Unidos e Brasil em número de casos.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up