for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

França registra quase 7.400 novos casos de coronavírus em um dia em aumento exponencial

Pessoas com máscaras de proteção facial na ponte Alexandre III, em Paris 28/08/2020 REUTERS/Charles Platiau

PARIS (Reuters) - A França registrou 7.379 novos casos confirmados de coronavírus nesta sexta-feira, o maior desde o lockdown, no que o Ministério da Saúde descreveu como um aumento exponencial poucos dias antes de milhões de crianças retornarem à escola pela primeira vez desde março.

A contagem diária ficou perto do recorde de 7.578, estabelecido em 31 de março, no pico de uma onda inicial de infecções por Covid-19 que paralisou a Europa. O aumento de casos abre a possibilidade de o governo ser forçado a fechar o país novamente.

“Estamos fazendo de tudo para evitar outro lockdown e, em particular, um lockdown nacional”, disse o presidente Emmanuel Macron a jornalistas na sexta-feira. Ele acrescentou que seria perigoso descartar qualquer cenário.

Em uma revisão semanal da pandemia, o Ministério da Saúde informou que o país estava vendo uma “progressão exponencial da transmissão do vírus”.

Como outros países da Europa Ocidental duramente atingidos, a França impôs um isolamento repentino e rigoroso em março, durante o qual a maioria dos moradores ficou confinada em suas casas. As restrições foram gradualmente suspensas a partir de 11 de maio, depois que as infecções caíram drasticamente.

As autoridades estão agora buscando maneiras de limitar a propagação da doença sem um novo isolamento. Nesta sexta-feira, os parisienses foram obrigados a usar máscaras em todos os momentos ao ar livre na capital.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up