for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Trump recorre contra intimação de promotor de NY por declarações de imposto de renda

Presidente dos EUA, Donald Trump 11/09/2020 REUTERS/Kevin Lamarque

NOVA YORK (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pediu, nesta sexta-feira, que um tribunal federal de apelações bloqueie o que ele chamou de má fé do principal promotor de Manhattan de fazer valer uma intimação pela entrega de suas declarações de imposto de renda, como parte de uma investigação criminal sobre os negócios de Trump.

Em um registro na Segunda Corte Federal de Apelações, em Nova York, os advogados de Trump disseram que um juiz de um tribunal inferior errou ao dar luz verde ao promotor-distrital de Manhattan, Cyrus Vance, para obter oito anos de declarações de imposto de renda pessoais e empresariais da firma de contabilidade do presidente, a Mazars USA.

Trump passou mais de um ano resistindo à intimação e está apelando de uma decisão de 20 de agosto do juiz distrital Victor Marrero, em Manhattan.

Um porta-voz de Vance não respondeu imediatamente a um pedido de comentário sobre a decisão do presidente de recorrer.

O processo de apelação provavelmente significa que as declarações de impostos de Trump não se tornarão públicas antes de 3 de novembro, quando o presidente republicano buscará a reeleição.

De acordo com o recurso apresentado nesta sexta-feira, Vance, um democrata, copiou em grande parte uma intimação anterior dos democratas do Congresso, que estavam “inquietos” para obter as declarações do presidente.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up