for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Audiência televisiva para debate entre Trump e Biden é menor do que recorde de 2016

Imagem combinada do presidente dos EUA, Donald Trump e deu rival democrata na eleição presidencial deste ano, o ex-presidente Joe Biden durante debate. 29/9/2020. REUTERS/Brian Snyder

LOS ANGELES (Reuters) - O primeiro debate presidencial norte-americano entre o presidente republicano Donald Trump e o rival democrata Joe Biden atraiu audiência televisiva menor que o recorde de quatro anos atrás, segundo revelou a Nielsen nesta quarta-feira.

Cerca de 73,1 milhões de pessoas assistiram ao caótico confronto na noite de terça-feira em 16 emissoras, número menor que o recorde de 84 milhões de espectadores registrados para o debate entre Trump e a ex-primeira dama Hillary Clinton, sua rival nas eleições de 2016.

O número representa queda de 13% ante o recorde de 2016.

Durante 90 minutos marcados por insultos pessoais e interrupções repetidas de Trump, os candidatos batalharam de maneira feroz sobre o histórico de Trump na pandemia do coronavírus, e em assuntos como saúde e economia.

Os números da Nielsen incluem pessoas que assistiram em casa e em locais como bares e restaurantes, além de alguns espectadores que assistiram em TVs conectadas à internet.

Os dados não capturam a toda a audiência online, que cresceu em popularidade enquanto a audiência tradicional de TV está em queda. O debate foi transmitido por streaming no Twitter, YouTube, websites de emissoras e outras plataformas digitais.

Reportagem de Lisa Richwine

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up