for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Catalunha pode realizar eleições regionais em 14 de fevereiro

Presidente da assembleia regional da Catalunha, Roger Torrent, discursa no auditório da assembleia 24/03/2018 REUTERS/Albert Gea

MADRI (Reuters) - A Catalunha, região do nordeste espanhol, pode realizar eleições regionais em 14 de fevereiro, disse o presidente da assembleia regional, Roger Torrent, à rádio RAC1 nesta sexta-feira depois que o líder separatista catalão Quim Torra foi afastado do serviço público.

“Se não houver um debate sobre a posse no Parlamento, iremos às eleições. Na verdade, a contagem regressiva acabaria no dia 10 de fevereiro, e portanto realizaríamos eleições no domingo, dia 14 de fevereiro”, disse Torrent.

Na segunda-feira, a Suprema Corte da Espanha confirmou um veredicto que afasta Torra do serviço público por 18 meses devido à sua recusa em obedecer ordens do Comitê Eleitoral da Espanha de retirar um cartaz em apoio a separatistas presos da fachada principal de seu palácio de governo durante a campanha da eleição nacional de 2019.

O ímpeto separatista da Catalunha domina a política espanhola há anos, em particular desde que a assembleia regional fez uma declaração de independência unilateral em outubro de 2017 na esteira de um referendo que juízes declararam ilegal.

Os 7,5 milhões de habitantes da Catalunha estão divididos em relação à independência –-a pesquisa de opinião mais recente mostrou 42% a favor, mas 50% contra.

Por Inti Landauro e Belen Carreño

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up