for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Morre compositor iraniano Shajarian, símbolo da oposição do país

DUBAI (Reuters) - O compositor Mohammad Reza Shajarian, que reviveu a música clássica do Irã e se tornou um símbolo da oposição depois da acirrada eleição presidencial de 2009, morreu em um hospital de Teerã aos 80 anos, disse a televisão estatal nesta quinta-feira.

Compositor e cantor clássico iraniano, ele tentou ficar fora da política, embora inicialmente cantasse em apoio ao movimento que derrubou o último monarca do país em 1979 e inaugurou a República Islâmica.

Mas em 2009, quando o governo reprimiu os protestos contra a eleição que deu um segundo mandato ao presidente linha-dura Mahmoud Ahmadinejad, Shajarian exigiu que a mídia estatal se abstivesse de tocar sua música.

O governo retaliou proibindo Shajarian de realizar shows e lançar álbuns, mas isso parece ter servido apenas para aumentar seu apelo.

“Certamente, a grata nação iraniana sempre manterá o nome, a memória e a obra desse artista popular vivos em sua memória”, disse o presidente Hassan Rouhani no Twitter.

Vídeos nas redes sociais mostravam fãs se reunindo à noite do lado de fora do hospital onde estava Shajarian nesta semana para cantar uma de suas canções mais populares.

Reportagem da Redação Dubai

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up