for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Covid-19 de novo? Casos de reinfecção colocam imunidade em dúvida

27/08/2020 REUTERS/Siphiwe Sibeko

LONDRES (Reuters) - O caso de um homem que foi infectado com Covid-19 duas vezes nos Estados Unidos mostra que ainda há muito a se aprender sobre as reações imunológicas, e também provoca dúvidas sobre a vacinação, disseram cientistas nesta terça-feira.

O homem de 25 anos de Reno, em Nevada, foi diagnosticado em abril depois de mostrar sintomas leves, e voltou a adoecer mais gravemente no final de maio, de acordo com um relatório de caso do periódico científico Lancet Infectious Diseases.

O relatório foi publicado poucas horas depois de o presidente dos EUA, Donald Trump, que foi infectado com Covid-19 e hospitalizado no início deste mês, dizer que acreditar estar imunizado e que se sente “muito poderoso”.

Cientistas disseram que, embora as incidências de reinfecção pareçam raras --e o paciente de Nevada já está recuperado--, casos como o seu são preocupantes. Outros casos isolados de reinfecção foram relatados em todo o mundo, inclusive na Ásia e na Europa.

“Está se tornando cada vez mais claro que as reinfecções são possíveis, mas ainda não podemos saber o quão comum isto será”, disse Simon Clarke, especialistas em microbiologia da Universidade Reading do Reino Unido.

“Se as pessoas podem se reinfectar facilmente, isto também pode ter implicações para programas de vacinação, além do nosso entendimento de quando e como a pandemia terminará.”

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up