for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Merkel diz que UE e EUA devem trabalhar lado a lado após vitória de Biden

Chanceler alemã, Angela Merkel 05/11/2020 Michael Kappeler/Pool via REUTERS

BERLIM (Reuters) - A chanceler alemã, Angela Merkel, parabenizou Joe Biden nesta segunda-feira por sua vitória na eleição presidencial e pediu que União Europeia e Estados Unidos trabalhem “lado a lado”, mas também disse que a UE precisa se ocupar mais de sua própria segurança.

Merkel louvou Biden, que foi vice do ex-presidente Barack Obama, por ser um líder experiente que conhece bem a Alemanha e a Europa, enfatizando: “Somos aliados na Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), compartilhamos valores e interesses fundamentais.”

Ansiosa em deixar no passado a visão crítica que o presidente norte-americano, Donald Trump, tem da Alemanha, Merkel disse que seu país, sendo parte da UE, e os EUA devem trabalhar “lado a lado” para enfrentar a Covid-19, o aquecimento global e o terrorismo e fomentar o livre comércio.

Trump rotulou a Alemanha como uma “cativa da Rússia” por apoiar o acordo de um gasoduto com os russos no Mar Báltico.

“Nós, alemães, e nós, europeus, sabemos que temos que assumir mais responsabilidade nesta parceria no século 21”, disse Merkel.

O ministro alemão das Relações Exteriores, Heiko Maas, disse mais tarde que seu país está disposto a trabalhar com Biden e assumir mais responsabilidades em áreas nas quais Washington pode querer reduzir seu envolvimento.

“O sinal a Washington é claro: estamos preparados não somente para cooperar, mas também para conversar sobre a Europa e a Alemanha assumirem uma parcela maior de responsabilidade em campos nos quais os Estados Unidos podem não desejar mais estar tão engajados como no passado.”

Por Sabine Siebold

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up