for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Biden ressalta importância de acordo de paz da Irlanda do Norte em primeiro telefonema com Johnson

Presidente eleito dos EUA, Joe Biden 10/11/2020 REUTERS/Jonathan Ernst

LONDRES (Reuters) - O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, ressaltou nesta terça-feira a importância de se proteger o acordo de paz da Irlanda do Norte no processo do Brexit, no primeiro telefonema com o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, sinalizando possíveis tensões sobre a saída do Reino Unido da União Europeia, apesar de ambos enfatizarem também ideias em comum em outras áreas.

O governo de Johnson está buscando um acordo comercial com a UE, mas diz que também está disposto a deixar o bloco sem um pacto, o que poderia complicar a situação sensível na fronteira da Irlanda do Norte com a Irlanda -- a única fronteira terrestre do Reino Unido com a UE.

O Acordo de Paz da Sexta-feira Santa de 1998, que encerrou efetivamente o período de 30 anos de violência sectária na Irlanda do Norte, criou novas instituições para a cooperação além das fronteiras na ilha da Irlanda.

Mas Johnson apresentou projetos de lei que poderiam quebrar o protocolo da Irlanda do Norte no tratado de divórcio do Brexit, buscando evitar uma fronteira alfandegária física entre a província britânica e a Irlanda -- um país membro da União Europeia.

Isso levou a um alerta de Biden há dois meses. O democrata falou sobre a importância de sua ascendência irlandesa e disse que o Reino Unido precisa honrar o acordo de 1998 durante sua retirada do bloco, senão um acordo comercial separado com os Estados Unidos pode não acontecer.

“Eles falaram sobre a importância da implementação do Brexit de tal maneira que o Acordo da Sexta-feira Santa seja respeitado”, afirmou uma autoridade britânica após a conversa de Biden e Johnson. “O primeiro-ministro garantiu ao presidente eleito que isso aconteceria”.

Johnson prevê laços próximos com os Estados Unidos sob Biden, enxergando afinidades em questões como as mudanças climáticas, acrescentou a autoridade.

Reportagem adicional de Elizabeth Piper, William James e Padraic Halpin, em Dublin

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up