for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Biden será informado por especialistas em segurança nacional na próxima semana

10/11/2020 REUTERS/Jonathan Ernst

WASHINGTON (Reuters) - O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, será informado por especialistas em segurança nacional na próxima semana, disse Jen Psaki, da equipe de transição de Biden, nesta sexta-feira, em meio a preocupações de que um atraso nesta etapa da transição constitui m risco à segurança nacional.

A equipe de Biden está avançando com a transição, apesar da recusa do presidente Donald Trump em reconhecer a derrota nas eleições de 3 de novembro, cuja vitória foi declarada para Biden em 7 de novembro.

Psaki disse que o fato de Biden ainda não estar recebendo relatórios confidenciais da inteligência pode estar prejudicando seus trabalhos preparatórios para governar.

“Já se passaram seis dias, mas a cada dia que passa, fica mais preocupante que nossa equipe de segurança nacional e o presidente eleito e a vice-presidente eleita não tenham acesso a essas análises de ameaças, briefings de inteligência, informações em tempo real sobre nossos compromissos em todo o mundo. Porque, você sabe, você não sabe o que não sabe”, disse Psaki em teleconferência com repórteres.

Ele também mencionou o relatório da comissão de 11 de setembro, que listou um atraso na transição após as eleições de 2000 como uma razão pela qual as autoridades não estavam bem preparadas para os ataques terroristas que atingiram os Estados Unidos em 11 de setembro de 2001.

Psaki também disse que Biden discutiu as escolhas do Gabinete com conselheiros nesta semana e continuará em contato com parlamentares no Congresso sobre um pacote de estímulo ao coronavírus, incluindo o líder da maioria republicana no Senado, Mitch McConnell.

Reportagem de Trevor Hunnicut, Doina Chiacu e Simon Lewis

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up