for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Casos de Covid-19 batem recorde em Portugal e pressionam sistema de saúde

Rua praticamente deserta em Lisboa em meio à pandemia do coronavirus 20/10/2020 REUTERS/Rafael Marchante

LISBOA (Reuters) - Os casos confirmados de coronavírus em Portugal passaram dos 200 mil nesta sexta-feira e o número de novas infecções diárias atingiu uma alta recorde, aumentando a pressão sobre um sistema de saúde já fragilizado.

Um estado de emergência de âmbito nacional para combater a disseminação do vírus entrou em vigor na segunda-feira e deve durar ao menos até 23 de novembro, mas provavelmente será prorrogado.

“Quando chegarmos ao pico da doença, levará semanas para ver uma queda na procura nos hospitais e ainda mais semanas para diminuir a conta de fatalidades”, disse a ministra da Saúde, Marta Temido, em uma coletiva de imprensa.

O país de apenas 10 milhões de habitantes registrou números comparativamente baixos de 204.664 casos e 3.250 mortes, mas as infecções atingiram 6.653 casos no sábado, a cifra diária mais alta desde o início da pandemia. A realização de exames também aumentou.

A maioria dos casos se concentrou na região norte.

Os hospitais atingiram o novo recorde de 2.799 pacientes de Covid-19 internados, sendo 388 em unidades de tratamento intensivo --mais do que o pico de 271 da primeira onda de abril.

O sistema de saúde, que antes da pandemia tinha o menor número de leitos de tratamento crítico por 100 mil habitantes da Europa, consegue acomodar 800 pacientes de Covid-19 em UTIs.

Por Catarina Demony; reportagem adicional de Patricia Vicente Rua

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up