September 1, 2015 / 3:11 PM / 4 years ago

Militantes do Al Shabaab atacam base da União Africana no sul da Somália

MOGADÍCIO (Reuters) - Militantes do Al Shabaab atacaram uma base da União Africana (UA) no sul da Somália no início desta terça-feira, disseram o grupo islâmico e moradores, segundo os quais dezenas de soldados foram mortos.

Os militantes, ligados à Al Qaeda, disseram que um de seus combatentes lançou um carro-bomba contra a base e, em seguida, homens armados invadiram as instalações comandadas pela Missão da União Africana para a Somália (Amisom, na sigla em inglês).

O Al Shabaab afirmou que 50 soldados da força de paz morreram na ação contra a base de Janale, cerca de 90 quilômetros ao sul da capital Mogadício. No passado, o grupo exagerou o número de tropas que matou, e as autoridades minimizaram as baixas.

“Agora a base de Janale da Amisom está sob nosso controle”, disse o xeique Abdiasis Abu Musab, porta-voz das operações militares do Al Shabaab, à Reuters.

A Amisom contestou afirmações do grupo segundo as quais os militantes acabaram com seus soldados. “A Amisom pode confirmar que a base ainda está sob controle da Amisom. Os relatos de que a base foi tomada e que nossas armas foram capturadas são falsos”, informou a força em sua conta no Twitter, sem dar detalhes sobre baixas.

Não foi possível obter comentários das autoridades do governo.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below