15 de Agosto de 2017 / às 22:29 / em 4 meses

Ataques suicidas matam 27 e ferem 83 no nordeste da Nigéria

MAIDUGURI, Nigéria (Reuters) - Uma mulher-bomba se explodiu e matou outras 27 pessoas em um mercado no nordeste da Nigéria nesta terça-feira, disseram duas autoridades locais, em um ataque com marcas de militantes do Boko Haram.

Dois outros homens-bombas detonaram seus artefatos nos portões de um acampamento de refugiados próximo, ferindo diversas pessoas, disse uma autoridade dos serviços de emergência.

No total, 83 pessoas ficaram feridas nas três explosões próximas à cidade de Maiduguri, epicentro de um longo conflito entre forças do governo e o Boko Haram.

As forças militares da Nigéria tomaram de volta no ano passado grandes faixas de território de insurgentes islâmicos. Mas os militantes atacaram de volta com fervor renovado desde junho, matando ao menos 143 pessoas antes dos ataques desta terça-feira e enfraquecendo o controle do Exército.

O grupo tem travado uma guerra de oito anos para criar um estado islâmico no nordeste da Nigéria, e provocou ira internacional ao sequestrar mais de 200 estudantes, conhecidas como meninas Chibok, em abril de 2014.

A insurgência do Boko Haram matou mais de 20 mil pessoas e forçou cerca de 2,7 milhões de pessoas a deixarem suas casas nos últimos oito anos.

Reportagem de Ahmed Kingimi

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below