24 de Agosto de 2017 / às 21:59 / em 4 meses

Hezbollah toma grande parte de enclave do Estado Islâmico na fronteira entre Síria e Líbano

BEIRUTE (Reuters) - O Hezbollah capturou grande parte de um bolsão do Estado Islâmico no lado sírio da fronteira com o Líbano em uma ofensiva conjunta com o Exército sírio, disse nesta quinta-feira o líder do grupo.

Em paralelo com o confronto, conversas com o Estado Islâmico sobre uma trégua começaram, mas uma vitória militar é mais provável, disse Sayyed Hassan Nasrallah em discurso televisionado.

    Tropas sírias e o Hezbollah, apoiado pelo Irã, têm lutado para expulsar o Estado Islâmico da região de Qalamoun, no oeste da Síria.

    O ataque teve início na semana passada, coincidindo com uma ofensiva do Exército libanês contra o Estado Islâmico em seu lado da fronteira, no nordeste do Líbano.

    A zona é a última parte da fronteira entre Líbano e Síria sob controle militante.

    Ambas ofensivas avançaram em direção à fronteira de lados opostos. O Exército libanês diz que não está coordenando o ataque com o Exército sírio ou o grupo xiita Hezbollah, que Washington classifica como um grupo terrorista.

    Qualquer operação conjunta entre o Exército libanês de um lado e o Hezbollah e o Exército sírio de outro seria politicamente sensível no Líbano e poderia comprometer o considerável auxílio militar norte-americano que o país recebe.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below