29 de Agosto de 2017 / às 18:35 / em 4 meses

Trump promete resposta completa a enchente "de proporção épica" no Texas

HOUSTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, chegou ao Texas nesta terça-feira e prometeu que o governo fará uma resposta completa à devastadora tempestade Harvey, o maior desastre natural ocorrido desde que assumiu a Casa Branca, enquanto as autoridades de Houston lutavam para administrar as chuvas recordes.

Trump recebe informações sobre tempestade Harvey em Corpus Christi 29/8/2017 REUTERS/Carlos Barria

A tempestade, que se move lentamente, provocou inundações catastróficas no Texas, matou ao menos nove pessoas, forçou retiradas em massa e paralisou Houston, a quarta maior cidade dos EUA. Cerca de 30 mil pessoas devem procurar abrigos de emergência, já que as enchentes entraram em seu quarto dia.

As autoridades do condado de Harris, onde Houston se situa, disseram que os reservatórios construídos para o escoamento das águas estavam começando a transbordar nesta terça-feira. Elas incentivaram os moradores a se retirarem enquanto liberam a água para aliviar a pressão em duas represas, uma medida que intensificará a inundação ao longo do curso de água de Buffalo Bayou, que atravessa a área.

O condado de Brazoria, ao sul de Houston, também orientou a retirada imediata nos arredores de um dique de Columbia Lakes que foi rompido pelas enchentes do Harvey, o mais poderoso furacão a atingir o Texas em mais de 50 anos.

Trump, falando em Corpus Christi, perto de onde Harvey tocou a terra na semana passada, disse querer que o esforço de socorro seja um exemplo de como responder a uma tempestade.

“Queremos fazê-lo melhor do que nunca”, disse ele. “... Isto foi de uma proporção épica. Ninguém viu nada assim.”

A tempestade suscitou comparações com o furacão Katrina, que devastou Nova Orleans há 12 anos, matando 1.800 pessoas. O ex-presidente George W. Bush foi amplamente criticado pela resposta de seu governo a esse desastre, perdendo apoio da população. Trump claramente pretende evitar uma reação semelhante.

Cerca de 3.500 pessoas já foram resgatadas desde a elevação das águas na área de Houston, e a polícia, os bombeiros e soldados da Guarda Nacional continuam tentando localizar pessoas ilhadas.

“Esta é uma tempestade de proporções históricas. Não só na cidade de Houston e não só no condado de Harris, mas na região inteira”, disse o prefeito de Houston, Sylvester Turner, aos repórteres, acrescentando que os abrigos da cidade serão abertos a todas as pessoas fugindo da tempestade. “Estamos nos colocando à disposição”.

A tempestade quebrou os recordes de chuva do Texas em um local de medição situado ao sul de Houston, que registrou 1,25 metro de precipitação desde a chegada do Harvey. As chuvas atuais são mais do que a região recebe normalmente em um ano e ultrapassaram o volume de 1,22 metro registrado em 1978.

Vários saqueadores foram presos de segunda para terça-feira, disse a polícia.

O Harvey abalou os mercados de energia e causou estragos estimados em bilhões de dólares. A reconstrução deve se estender além do mandato de quatro anos de Trump no cargo.

O Harvey deve alcançar a Louisiana no início da quarta-feira, um dia depois do 12o aniversário do Furacão Katrina.

Reportagem adicional de Peter Henderson, Gary McWilliams, Ernest Scheyder e Erwin Seba in Houston, Andy Sullivan em Rockport, Texas, Jon Herskovitz em Austin, Steve Holland a bordo do Força Aérea Um e David Gaffen em Nova York

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below