9 de Setembro de 2017 / às 19:32 / em 3 meses

Número de mortos após forte terremoto no México sobe para 65

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - O número de mortes provocadas pelo forte terremoto que atingiu o México na noite de quinta-feira subiu para 65, com mais vítimas registradas nos pobres Estados do sul, que foram impactados duramente pelo desastre, disseram as autoridades no sábado.

O chefe dos serviços de emergência do México, Luis Felipe Puente, disse que três outros corpos foram descobertos no Estado de Chiapas e outro em Juchitan, cidade costeira no vizinho Oaxaca, onde ocorreram mais mortes.

O terremoto de magnitude 8,1 que ocorreu na costa de Chiapas na quinta-feira foi mais forte que o tremor devastador de 1985, que abalou partes da Cidade do México e matou milhares. Somente em Juchitan, milhares de casas desabaram, disseram as autoridades municipais.

Os esforços de ajuda no sul continuaram neste sábado, com várias das pessoas que foram mais afetadas ainda temendo voltar para os edifícios enfraquecidos, que podem cair com tremores secundários.

O cismo foi o mais poderoso a atingir o México desde outro terremoto de magnitude 8,1 em 1932. O Serviço Geológico dos Estados Unidos disse que o terremoto de 1985 tinha magnitude de 8,0, embora tenha ocorrido muito mais perto da Cidade do México e tenha sido menos profundo que o de quinta-feira. 

Por Dave Graham

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below