April 6, 2018 / 12:39 PM / 6 months ago

Ao deixar cadeia na Alemanha, ex-líder catalão Puigdemont pede diálogo com Madri

BERLIM (Reuters) - O ex-presidente da Catalunha Carles Puigdemont pediu que a Espanha abandone suas tentativas de processar líderes separatistas da região após deixar uma prisão na Alemanha nesta sexta-feira, pedindo que Madri entre em diálogo com os políticos.

Ex-presidente da Catalunha Carles Puigdemont deixa prisão em Neumuenster, na Alemanha 06/04/2018 REUTERS/Fabian Bimmer

Puigdemont, que teve fiança concedida depois que juizes alemães decidiram que ele não poderia ser extraditado por acusações de rebelião apresentadas pela Espanha, agradeceu a funcionários da prisão enquanto era recebido com aplausos por partidários com bandeiras da Catalunha.

“Eu reivindico a liberação imediata de todos os meus colegas de prisões espanholas”, disse. “É uma vergonha para a Europa ter presos políticos. Finalmente, a hora para o diálogo chegou.”

O advogado alemão de Puigdemont, Wolfgang Schomburg, disse que irá continuar a batalha legal para que juízes também descartem uma acusação de fraude.

Reportagem de Thomas Escritt

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below