May 14, 2018 / 12:21 PM / 7 months ago

Chefe da espionagem britânica diz que Rússia dissemina mentiras para minar o Ocidente

Diretor da agência de espionagem britânica MI5, Andrew Parker 17/10/2017 REUTERS/Stefan Rousseau

BERLIM (Reuters) - O diretor da agência de espionagem britânica MI5, Andrew Parker, acusou a Rússia, nesta segunda-feira, de tentar subverter as democracias ocidentais semeando desinformação e disseminando mentiras.

No primeiro discurso público de um chefe do MI5 no exercício do cargo fora do Reino Unido, Parker disse em Berlim que seu país não quer aumentar as tensões com Moscou, mas que uma série de ações recentes agressivas e prejudiciais dirigidas pelo Kremlin são inaceitáveis.

“Ao invés de se tornar uma grande nação respeitada, a Rússia corre o risco de se tornar uma pária mais isolada”, disse Parker, que contou já ter estudado russo, a uma plateia na capital alemã.

“A agora já bem desenvolvida doutrina do Estado russo de misturar manipulação da mídia, desinformação nas redes sociais e distorção, juntamente com formas antigas e novas de espionagem e altos níveis de ataques cibernéticos, força militar e bandidagem criminosa, é o que significa hoje em dia o termo ameaças híbridas”.

Parker disse que a cooperação com parceiros da União Europeia é essencial para se resguardar das ameaças de militantes islâmicos e da Rússia.

“Não devemos arriscar a perda da capacidade mútua ou o enfraquecimento do esforço coletivo em toda a Europa. Devemos isso a todos os nossos cidadãos em toda a Europa”.

Por Guy Faulconbridge

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below