May 21, 2018 / 5:17 PM / 6 months ago

Trump pressiona China a preservar segurança da fronteira com Coreia do Norte

Presidente dos EUA, Donald Trump 02/05/2018 REUTERS/Kevin Lamarque

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pediu à China nesta segunda-feira que mantenha a fronteira com a Coreia do Norte segura, pressionando Pequim antes de uma esperada reunião de cúpula com o líder norte-coreano, Kim Jong Un, no mês que vem, cuja meta é a desnuclearização norte-coreana.

“A China precisa continuar a ser forte e rígida na fronteira da Coreia do Norte até que se faça um acordo. A notícia é que recentemente a fronteira se tornou muito mais porosa e tem havido mais infiltração. Quero que isso aconteça, e que a Coreia do Norte tenha muito sucesso, mas só depois de assinar!”, escreveu Trump no Twitter.

O presidente dos EUA não detalhou o significado da questão da fronteira Coreia do Norte-China em qualquer possível acordo sobre a desnuclearização da Coreia do Norte. Trump disse que a cúpula com Kim acontecerá em 12 de junho em Cingapura.

Na semana passada Pyongyang ameaçou descartar qualquer encontro se Washington continuar a pressionar por uma desnuclearização unilateral. Em resposta, Trump disse que, até onde sabe, a cúpula ainda está de pé, e procurou tranquilizar Kim garantindo que sua proteção será parte de qualquer acordo.

Também na semana passada Trump disse a repórteres na Casa Branca que Kim pode estar sendo influenciado por Pequim, a maior aliada da Coreia do Norte, depois de suas duas visitas recentes à China.

Por Susan Heavey

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below