May 24, 2018 / 7:43 PM / 4 months ago

Irã está cumprindo acordo nuclear, mas poderia melhorar em alguns pontos, diz agência da ONU

VIENA (Reuters) - O Irã continua cumprindo os termos de seu acordo nuclear com potências mundiais apesar da saída dos Estados Unidos, mas poderia ser mais rápido e mais proativo em permitir inspeções de surpresa, informou nesta quinta-feira a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), órgão da Organização das Nações Unidas que monitora o acordo.

Em seu primeiro relatório desde que o presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou a saída de Washington do acordo em 8 de maio, a AIEA informou que o Irã permanece dentro dos limites do nível no qual pode enriquecer urânio, de seu estoque de urânio enriquecido e de outros itens.

    Mas a AIEA pareceu repreender o Irã por agir com lentidão nas chamadas inspeções de “acesso complementar” sob Protocolo Adicional da agência, que o Irã está implementando sob o acordo. Tais inspeções são frequentemente realizadas com aviso com pouca antecedência.

    “A agência ... realizou acessos complementares sob o Protocolo Adicional para todas as instalações e os locais no Irã que precisava visitar”, informou a AIEA em relatório confidencial que foi enviado para seus Estados membros e foi obtido pela Reuters.

    “Cooperação feita a tempo e proativa do Irã em fornecer tal acesso iria facilitar implementação do Protocolo Adicional e aumentar confiança”, informou.

    O relatório foi apresentado com a França, o Reino Unido e a Alemanha lutando para preservar o ponto central do acordo de alívio de sanções em troca de restrições das atividades atômicas de Teerã. Trump está reimpondo sanções norte-americanas contra Teerã, ameaçando afundar o acordo e gerar retaliação iraniana.

    A AIEA tem repetidamente defendido o acordo, dizendo ter criado “o regime de verificação mais robusto do mundo”.

    Diplomatas que seguem a agência disseram que uma inspeção no mês passado foi feita no último minuto, mas um diplomata sênior também familiar ao trabalho da AIEA disse nesta quinta-feira que o relatório não está responsabilizando o Irã.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below