August 21, 2018 / 5:33 PM / a month ago

Ministra austríaca é criticada por gesto para Putin durante dança em casamento

VIENA (Reuters) - A ministra das Relações Exteriores da Áustria, Karin Kneissl, foi duramente criticada nesta terça-feira por se abaixar, em um gesto de cumprimento, para o presidente russo, Vladimir Putin, durante o casamento dela, sendo acusada de ter protagonizado um gesto que irá prejudicar a reputação do país.

Ministra austríaca de Relações Exteriores, Karin Kneissl, dança com o presidente russo, Vladimir Putin, durante o casamento dela 18/08/2018 Foto retirada de um vídeo / Reuters TV via Reuters

O líder do Kremlin, apesar de não ser publicamente conhecido como amigo próximo da ministra, foi convidado especial do casamento dela em um vilarejo austríaco durante o fim de semana.

Vídeos mostraram Karin Kneissl se abaixando para saudar Putin após terminar uma valsa com o presidente russo, em um gesto que, segundo parte da mídia austríaca, dará ao Kremlin material de propaganda contra a Áustria por anos.

“Kneissl se ajoelhando em frente ao Putin é uma vergonha”, disse o jornal Der Standard, acrescentando que “a ministra de Relações Exteriores perdeu toda a credibilidade pela maneira que lidou com Vladimir Putin”.

Karin Kneissl, uma poliglota de 53 anos especialista em Oriente Médio, sem filiação política, foi nomeada ministra de Relações Exteriores pela legenda de extrema-direita Partido Liberdade, que tem um acordo de cooperação com o Partido Rússia Unida, de Putin.

Seus críticos focaram no fato de que a Áustria está atualmente na Presidência da União Europeia, em um momento de crescentes tensões entre o bloco e a Rússia em uma ampla gama de questões.

A Áustria não acompanhou outros membros da UE neste ano na expulsão de diplomatas russos depois que o Reino Unido acusou o Kremlin de envolvimento no uso de um agente nervoso contra um ex-espião russo e sua filha na Inglaterra — uma acusação que Moscou nega.

Estudantes de etiqueta debateram se a ministra havia realmente se curvado ou feito uma reverência ao líder do Kremlin no final de sua curta valsa.

Uma reverência formal é um importante elemento da etiqueta de dança de Viena, disse Roman Svabek, dono da escola de dança que pelos últimos dez anos tem organizado o famoso Baile da Ópera de Viena.

Realizar o chamado “cumprimento” no final de cada dança tem como objetivo expressar o respeito devido a pessoa abordada, disse Svabek.

Mas a diferença entre curvar-se ou fazer uma reverência teve pouca importância para parte da mídia austríaca.

Permitir que o Kremlin “divulgue contentemente imagens onde a representante da Áustria está se ajoelhando na frente de Putin” foi um grande erro, que irá perseguir a Áustria por um longo tempo, comentou o jornal Kleine Zeitung.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below