September 4, 2018 / 10:50 AM / 3 months ago

Kremlin rejeita alerta de Trump contra ataques em região síria de Idlib

Soldado sírio leal ao presidente Bashar al-Assad em Idlib 21/01/2018 SANA/Divulgação via Reuters

MOSCOU (Reuters) - O Kremlin rejeitou nesta terça-feira o alerta feito pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, para que a Síria não lance uma ofensiva contra o enclave de Idlib, controlado por rebeldes, dizendo nesta terça-feira que a área é um “ninho de terroristas”.

Trump advertiu na segunda-feira o presidente sírio, Bashar al-Assad, e seus aliados Irã e Rússia a não “atacar irresponsavelmente” a área de Idlib, dizendo que centenas de milhares de pessoas poderiam ser mortas.

“Apenas falar em alertas, sem levar em consideração o potencial negativo e muito perigosos para toda a situação na Síria, provavelmente não é uma abordagem completa e abrangente”, disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov.

A presença de militantes em Idlib está comprometendo o processo de paz sírio e tornando a região uma base para ataques contra forças russas mobilizadas na Síria, acrescentou.

A situação de Idlib será um dos principais assuntos na agenda quando os líderes da Rússia, Irã e Turquia se encontrarem em Teerã nesta semana, disse Peskov a repórteres.

Reportagem de Tom Balmforth, Katya Golubkova e Christian Lowe

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below