for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Trump critica CNN e NBC e fala em "olhar licença delas"

Presidente dos EUA, Donald Trump 31/08/2018 REUTERS/Yuri Gripas

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a criticar a CNN e a NBC News nesta terça-feira ao condenar o modo como a NBC lidou com reportagem sobre o produtor Harvey Weinstein e sugeriu uma “olhada na licença delas”, sem especificar o que exatamente estava pedindo.

Trump frequentemente critica a mídia norte-americana pelo que ele disse ser uma cobertura injusta.

“Há muito tempo eu critico a NBC e seus padrões jornalísticos --pior do que a CNN. Olha a licença delas?”, escreveu ele no Twitter, citando a cobertura sobre Weinstein.

Ronan Farrow, um repórter, disse que a NBC News o impediu de trabalhar em uma reportagem sobre Weinstein, que enfrenta acusações criminais de estupro e agressão sexual e uma ação civil por tráfico sexual. Um ex-produtor da NBC corroborou as alegações de Farrow.

Mais tarde, Farrow publicou a reportagem na revista New Yorker. A NBC News defendeu o modo como lidou com o assunto. Weinstein negou ter feito sexo não consensual.

A Comcast Corp, dona da NBC News, se recusou a comentar. Após o tuíte, uma queda no preço das ações da Comcast no Nasdaq se acentuou ligeiramente.

A Comissão Federal de Comunicações dos EUA não comentou imediatamente o tuíte, mas em outubro o presidente da agência disse que ela não tem autoridade para revogar licenças de transmissão por decisões editoriais.

Trump criticou a NBC e outras redes de TV em outubro passado, chamando suas notícias de “falsas” e sugerindo que ele iria “desafiar” suas licenças.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up