September 9, 2018 / 6:22 PM / a month ago

Pelo menos sete pessoas morrem em explosão perto de procissão na capital afegã

KABUL (Reuters) - Pelo menos sete pessoas morreram e 25 ficaram feridas neste domingo quando um suicida que pilotava uma motocicleta detonou explosivos perto de uma procissão em Cabul, durante a celebração do ex-líder político morto Ahmad Shah Massoud, disse uma autoridade do governo.

A polícia disse que o ataque suicida aconteceu horas depois de a polícia ter baleado em Cabul outro suspeito de ser um homem-bomba antes que ele detonasse seu dispositivo.

O porta-voz do governo, Wahid Majroh, disse que sete corpos e 25 pessoas feridas foram levadas do local do ataque para o hospital.

Mais cedo, tiros podiam ser ouvidos em toda a cidade, enquanto os manifestantes disparavam armas automáticas em agressivas demonstrações de apoio a Massoud, um líder da etnia tajique que foi morto por terroristas suicidas em 2001.

Pelo menos 13 pessoas ficaram feridas por atiradores que dispararam suas armas para o ar, desafiando a proibição de tiros comemorativos, disseram autoridades.

Com as eleições parlamentares se aproximando no próximo mês e o aumento da rivalidade entre os grupos étnicos do Afeganistão, a celebração anual para Massoud criou uma atmosfera tensa em Cabul, onde as principais vias foram bloqueadas pela polícia.

A explosão aconteceu quatro dias depois que mais de 20 pessoas foram mortas por um homem-bomba em um clube de luta livre em Cabul, além de uma explosão secundária aparentemente destinada a socorristas e jornalistas.

Por Abdul Qadir Sediqi

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below