September 25, 2018 / 7:05 PM / 22 days ago

Rouhani diz que Irã não quer guerra, sanções, ameaças ou intimidação

NAÇÕES UNIDAS (Reuters) - O presidente iraniano, Hassan Rouhani, criticou nesta terça-feira os Estados Unidos por sua política hostil em relação ao país e disse que a abordagem dos EUA está condenada ao fracasso.

Presidente do Irã, Hassan Rouhani, discursa na Assembleia-Geral da ONU 25/09/2018 REUTERS/Shannon Stapleton

“Nossa proposta é clara: compromisso por compromisso; violação por violação; ameaça por ameaça; e passo por passo, em vez de conversa por conversa ... O que o Irã diz é claro: sem guerra, sem sanções, sem ameaças, sem intimidação; apenas agir de acordo com a lei e com o cumprimento das obrigações”, disse Rouhani em discurso à Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas.

Ele afirmou que nenhuma nação pode ser levada à mesa de negociações pela força, acrescentando que não há melhor maneira do que o diálogo.

Rouhani também disse que o Irã acredita na criação de um mecanismo coletivo para o Golfo Pérsico com a presença e participação de todos os países da região.

Por Parisa Hafezi

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below