October 3, 2018 / 8:33 PM / 2 months ago

Trump planeja visitar 6 Estados para conter democratas em eleição parlamentar

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, planeja visitar seis Estados nos próximos 10 dias para incentivar seus apoiadores a votarem nos republicanos nas disputas acirradas por cadeiras na Câmara dos Deputados nas próximas eleições parlamentares, segundo um memorando da Casa Branca.

Trump com apoiadores no Mississippi 2/10/2018 REUTERS/Jonathan Ernst

O Partido Republicano de Trump corre o risco de perder o controle da Câmara na votação de meio de mandato de 6 de novembro em um momento no qual, historicamente, o partido governista perde terreno no Congresso.

Na quinta-feira Trump vai a Minnesota, onde os republicanos querem dar força a dois candidatos à Câmara, um deles envolvido em uma corrida aberta e outro que concorre à reeleição em um distrito de inclinação democrata.

Depois ele planeja ir ao Kansas no sábado, a Iowa na terça-feira, a Pensilvânia na próxima quarta-feira, a Ohio na sexta-feira e ao Kentucky no sábado seguinte, 13 de outubro, de acordo com um memorando interno visto pela Reuters.

Em agosto e setembro Trump fez campanha para 10 candidatos à Câmara em corridas apertadas, inundando os mercados locais de notícias sobre os republicanos e o presidente.

Neste ano a oposição a Trump estimulou os eleitores democratas a se oferecerem como voluntários e votarem em candidatos para o Congresso. Se uma “onda azul” colocar democratas no comando da Câmara estes podem travar a pauta legislativa de Trump e sufocar a Casa Branca com investigações.

Para consegui-lo os democratas precisam conquistar 23 assentos ocupados por republicanos.

Tradicionalmente o partido que ocupa a Casa Branca perde cadeiras nas primeiras eleições congressuais realizadas ao final dos dois primeiros anos de mandato do presidente.

    Pesquisas dos republicanos mostram que os democratas estão mais estimulados. Em setembro 61 por cento dos opositores avaliaram seu interesse pelo pleito de 6 de novembro em 10 de uma escala até 10, enquanto só metade dos republicanos se sentiam da mesma maneira, escreveu Bill Stepien, diretor político de Trump, no memorando.

    “É desnecessário dizer que isso é um problema significativo para o Partido Republicano”, escreveu Stepien.

    A única forma de os candidatos republicanos impedirem os democratas é capitalizarem um otimismo generalizado do eleitorado – e “se alinharem clara e ousadamente” às diretrizes de Trump para motivar sua base de apoiadores, argumentou Stepien.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below