October 6, 2018 / 3:15 PM / 2 months ago

Forças afegãs e Taliban lutam por controle de estradas na província de Ghazni

CABUL (Reuters) - Combatentes fortemente armados do Taliban destruíram pontes próximas à cidade central de Ghazni neste sábado, fechando a principal estrada entre a capital, Cabul, e o sul do Afeganistão, disseram autoridades.

Confrontos esporádicos ocorreram entre soldados afegãos e insurgentes do Taliban, que tentam tomar controle de partes da província de Ghazni quase dois meses após terem sido afastados da cidade por forças afegãs apoiadas pelos Estados Unidos, acrescentaram autoridades.

Mohammad Arif Noori, porta-voz do governador de Ghazni, disse que conflitos estão acontecendo e que o Exército afegão havia enviado helicópteros para impedir que militantes entrassem no centro da cidade.

“Nós estamos completamente preparados para atacá-los. Neste momento, a província não irá cair nas mãos do Taliban”, disse Noori.

Cinco militantes foram mortos conforme colocavam bombas em três pontes na estrada Cabul-Kandahar, acrescentou Noori.

O ataque em Ghazni foi uma exibição de força para o Taliban, destacando o quão volátil a situação da segurança permanece, duas semanas antes das eleições parlamentares.

Votações já foram canceladas na província de Ghazni após o Taliban invadir e sitiar a cidade por cinco dias em agosto.

O confronto matou 150 membros das forças de segurança do Afeganistão e 95 civis foram mortos, assim como centenas de combatentes do Taliban, disseram autoridades na época.

O governo do presidente Ashraf Ghani, apoiado pelo Ocidente, prometeu 20 milhões de dólares em ajuda e reconstrução de Ghazni após forças da segurança derrotarem combatentes do Taliban na batalha.

Forças afegãs informaram neste sábado que também estavam combatendo insurgentes do Taliban para retomar uma estrada que liga as províncias de Ghazni e Paktia. O Taliban tomou controle da estrada em agosto e havia imposto pedágios para civis que usavam a estrada.

Rohullah Khalil Ughlo, um comandante do Exército afegão, disse que 22 insurgentes do Taliban foram mortos e 17 ficaram feridos em confrontos para proteger a estrada.

“A operação irá terminar em breve e a estrada será aberta para tráfego. As pessoas não terão mais que pagar taxas ilegais”, disse Ughlo.

Enquanto isso, moradores do distrito de Qarabagh, a 55 quilômetros ao sul da cidade de Ghazni, disseram que militantes haviam montado postos de controle e estavam impedindo veículos de passar em diversas áreas residenciais.

Reportagem de Mustafa Andalib

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below