October 16, 2018 / 12:31 PM / 2 months ago

Coreias e Comando da ONU realizam primeiras conversas sobre desarmamento da fronteira

SEUL (Reuters) - As Coreias do Norte e do Sul realizaram as primeiras conversas com o Comando das Nações Unidas (UNC) nesta terça-feira para debater maneiras de desmilitarizar a fronteira agora que os vizinhos estão buscando a paz, disse o Ministério da Defesa de Seul.

Menina tira foto dos pais no vilarejo de fronteira entre as Coreias de Panmunjom 08/05/2018 REUTERS/Kwak Sung-Kyung

Nesta semana os dois lados concordaram em começar a reativar conexões ferroviárias e rodoviárias, apesar dos temores dos Estados Unidos de que uma reaproximação rápida entre as duas Coreias mine os esforços para pressionar Pyongyang a abdicar de suas armas nucleares.

A reunião desta terça-feira deu sequência a um acordo, firmado em uma cúpula na capital norte-coreana no mês passado, para realizar conversas com o UNC, que se sobrepõe às forças dos Estados Unidos na Coreia do Sul e supervisiona a Zona Desmilitarizada (DMZ), como forma de abrir caminho para o desarmamento de uma das fronteiras mais fortificadas do mundo.

O encontrou de cerca de duas horas, ocorrido no vilarejo fronteiriço de Panmunjom, foi liderado por militares com patente de coronel de todos os lados, incluindo Burke Hamilton, secretário da Comissão Militar de Armistício do UNC, informou o ministério.

“Eles debateram questões práticas, inclusive a respeito de medidas para a desmilitarização a serem adotadas no futuro”, disse a pasta em um comunicado após as conversas.

As medidas vão da retirada de armas de fogo e postos de guarda à redução de pessoal e o ajuste do equipamento de vigilância, disse o ministério, acrescentando que o canal de três vias será usado para debates adicionais.

A Coreia do Norte e a rica e democrática Coreia do Sul ainda estão tecnicamente em guerra porque a Guerra da Coreia de 1950-53 terminou em uma trégua, não um tratado de paz.

Como medida inicial de cumprimento do pacto do mês passado, os vizinhos estão estudando retirar 11 postos de guarda em um raio de um quilômetro da Linha de Demarcação Militar até o final do ano.

Eles começaram a remover minas de várias áreas pequenas neste mês e construirão estradas para um projeto-piloto agendado para abril para escavar os restos mortais de soldados desaparecidos durante a Guerra da Coreia.

Os dois lados também retirarão todas as armas de fogo da Área de Segurança Conjunta (JSA) de Panmunjom, diminuirão para 35 o número de funcionários baseados no local em respeito ao pacto de armistício e compartilharão informações sobre equipamentos de vigilância.

Até mesmo turistas poderão acessar livremente a JSA.

Reportagem adicional de Joyce Lee

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below