October 16, 2018 / 1:51 PM / 2 months ago

Furacão Michael deixa moradores ilhados no interior da Flórida

FOUNTAIN, Flórida (Reuters) - Bernard Sutton, um paciente de câncer de 64 anos, está morando em uma barraca de camping e em uma minivan quebrada desde que sua casa pré-fabricada na área rural de Fountain, na Flórida, foi destruída pelo furacão Michael na semana passada.

Gabriel Schaw em meio a destroços de casa na Flórida após passagem de furacão Michael 15/10/2018 REUTERS/Terray Sylvester

Na segunda-feira, cinco dias depois de a tempestade atingir a Costa do Golfo dos EUA, Sutton estava diante de uma pilha de roupas, livros, móveis e outros pertences que recuperou dos destroços.

“Estou aqui fora para tentar manter os saqueadores à distância, para tentar poupar o que conseguir poupar”, disse. “Tudo o que temos está bem aqui”.

Como sua mulher está morando com uma irmã por ora, Sutton disse que, ainda que quisesse partir, não teria meios de locomoção. Ele estava trabalhando no motor da minivan quando a tempestade chegou e acabou se abrigando do furacão no solo debaixo de sua casa arrasada.

Sutton, que está preocupado por não saber como irá à sua próxima sessão de quimioterapia, é um dos incontáveis sobreviventes do furacão no interior da Flórida que vêm lutando há dias com a falta de energia, água corrente e saneamento enquanto aguardam ajuda das autoridades.

Enquanto a atenção das autoridades de emergência, da mídia e até do presidente Donald Trump vem se concentrando nas cidades litorâneas mais devastadas pela tempestade, os moradores de comunidades assoladas terra adentro disseram estar improvisando até que o socorro chegue até eles.

“Todos precisam de ajuda. Estamos arrasados aqui. Fomos varridos do mapa”, disse Gabriel Schaw, de 40 anos, gesticulando para alguns vizinhos que cercavam seu trailer demolido em Fountain, comunidade às margens da Rodovia 231 a nordeste de Panama City.

Schaw disse que o primeiro sinal de ajuda exterior que viu foram alguns bombeiros que realizavam inspeções nas proximidades na manhã de segunda-feira.

Ao menos 85 por cento dos clientes de quatro outros condados essencialmente rurais da Flórida —Calhoun, Franklin, Liberty e Gulf— continuavam sem eletricidade na segunda-feira, disseram autoridades estaduais.

O acesso de veículos motorizados à região vem sendo obstruído por numerosos pinheiros e carvalhos caídos que foram arrancados pelas raízes ou partidos ao meio, muitos deles estendidos em rodovias de duas pistas e estradas de terra que serpenteiam pela região.

“É demorado para os agentes de resgate, e normalmente, se os agentes de resgate não conseguem chegar, as pessoas também não conseguem sair”, disse Matthew Marchetti, cofundador da organização de resgate voluntário CrowdSource Rescue.

Reportagem adicional de Steve Gorman, em Los Angeles

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below