October 18, 2018 / 7:27 PM / 2 months ago

Equador expulsa embaixador da Venezuela após ministro chamar Moreno de mentiroso

Lenín Moreno faz discurso na ONU 25/9/2018 REUTERS/Carlo Allegri

(Reuters) - O Equador expulsou o embaixador da Venezuela de Quito nesta quinta-feira depois que um ministro de governo venezuelano chamou o presidente equatoriano, Lenín Moreno, de mentiroso.

Em uma coletiva de imprensa ocorrida na quarta-feira, o titular das Comunicações da Venezuela, Jorge Rodríguez, disse que Moreno é um “mentiroso” e o acusou de exagerar o número de imigrantes venezuelanos entrando no Equador durante um discurso na Organização das Nações Unidas (ONU).

Dizendo que os comentários foram ofensivos, o Equador também convocou o encarregado de negócios de sua embaixada em Caracas para consultas, informou o Ministério de Relações Exteriores em um comunicado.

    Até 1,9 milhão de venezuelanos já emigraram desde 2015, de acordo com a ONU, fugindo de uma crise econômica que resultou na escassez de alimentos, remédios e outros bens básicos. Esse fluxo vem sobrecarregando outros países da região, inclusive o Equador. 

O Ministério da Informação da Venezuela não respondeu a um pedido de comentário. O presidente socialista Nicolás Maduro disse que não mais de 600 mil venezuelanos partiram nos últimos dois anos, e a televisão estatal cobre diariamente um programa estatal que oferece voos gratuitos para os imigrantes voltarem para casa.

    (Por Javier López de Lérida)

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below