October 20, 2018 / 6:37 PM / 2 months ago

Chanceler francês condena assassinato de jornalista saudita e pede investigação

PARIS (Reuters) - A França condena o assassinato do jornalista Jamal Khashoggi no consulado da Arábia Saudita em Istambul e quer uma profunda investigação sobre o caso, disse neste sábado o ministro francês das Relações Exteriores, Jean-Yves Le Drian.

    “A França condena esse assassinato da forma mais veemente possível”, disse Le Drian em comunicado. “A confirmação da morte do Sr. Jamal Khashoggi é o primeiro passo para o estabelecimento da verdade. Entretanto, muitas questões permanecem sem resposta.”

    Le Drian ofereceu suas condolências à família de Khashoggi e afirmou que os responsáveis pela sua morte precisam pagar por ela.

Por Mathieu Rosemain

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below