October 22, 2018 / 6:41 PM / 5 months ago

Taiwan busca explicações em meio a luto por 18 mortos em descarrilamento

YILAN, Taiwan (Reuters) - A presidente de Taiwan, Tsai Ing-wen, ofereceu palavras de consolo nesta segunda-feira ao se encontrar com familiares das 18 pessoas que morreram e das 187 que se feriram após o descarrilamento de um trem no nordeste da ilha, o pior desastre ferroviário do país em mais de três décadas.

Trem que descarrilou em Yilan, em Taiwan REUTERS/Eason Lam

Autoridades disseram que quatro vagões viraram no domingo depois que todos os oito vagões de um trem que levava 366 passageiros saíram dos trilhos em uma curva perto de uma estação ferroviária no condado de Yilan, a cerca de 40 quilômetros da capital Taipei.

Tsai se uniu a monges budistas em uma prece diante de um altar adornado com flores próximo de um hospital, enquanto nas proximidades parentes e amigos das vítimas choravam enquanto vasculhavam malas danificadas recuperadas do acidente.

“Lamentamos muito... você tem que continuar sendo forte”, disse Tsai a Chen Yu-chan, de 41 anos, cuja filha única, que estava no sétimo ano da escola, morreu.

“Faremos tudo que pudermos”, disse ela a outra pessoa, que soluçava amargamente durante sua visita ao hospital.

As autoridades de saúde pediram doações de sangue para ajudar a tratar dos muitos feridos, entre eles um norte-americano. Seis dos mortos tinham menos de 18 anos, disseram autoridades.

O desastre foi o pior acidente ferroviário de Taiwan desde uma colisão que matou 30 pessoas em 1981, disse a estatal Agência Central de Notícias.

O chefe da administração estatal ferroviária, Lu Jie-shen, ofereceu sua renúncia, mas o ministro dos Transportes não a aceitou, segundo a agência.

O Escritório de Assuntos de Taiwan, organismo formulador de políticas da China, expressou “condolências profundas” às famílias das vítimas.

Os serviços de trem foram retomados na manhã desta segunda-feira, depois que os vagões descarrilados foram removidos para um lado dos trilhos.

As autoridades montaram um comitê de investigação e disseram estar tentando determinar a causa do acidente, que ainda não é clara.

Muitas das baixas ocorreram em um vagão na frente do trem, disse uma autoridade, acrescentando que o condutor, de sobrenome You, saiu do tratamento intensivo, mas que seu estado continua instável.

“Perguntaremos a ele o que aconteceu depois que ele se estabilizar”, disse Liu Can-huang, chefe da unidade de manutenção das ferrovias.

Tung Xiao-ling, de 43 anos, contou à Reuters soluçando que perdeu oito de 17 familiares, com idades entre nove e 67 anos, que voltavam do casamento de sua irmã.

Mais rápido dos trens regulares de Taiwan, o Expresso Puyuma começou a operar em 2013 no terreno difícil do litoral leste.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below