October 31, 2018 / 12:42 PM / a month ago

Rússia inicia investigação de terrorismo após ataque suicida de adolescente

Equipe de resgate em local de ataque em Arkhangelsk, na Rússia 31/10/2018 REUTERS/Region 29

Por Andrew Osborn e Maria Kiselyova

MOSCOU (Reuters) - A Rússia iniciou uma investigação sobre um possível ato de terrorismo depois que um adolescente de 17 anos se explodiu no saguão de um prédio do Serviço Federal de Segurança (FSB) no norte do país.

O Comitê Investigativo da Rússia disse que o jovem não identificado detonou uma bomba caseira no saguão do FSB, o principal serviço de segurança e inteligência da Rússia, na cidade de Arkhangelsk, e morreu na hora.

Investigadores disseram ter descoberto que o adolescente era um morador da cidade, que se situa cerca de 1 mil quilômetros ao norte de Moscou, mas não informaram seu nome.

Três funcionários do FSB ficaram feridos na explosão, disse o Comitê Investigativo em um comunicado.

O órgão divulgou o que disse ser uma imagem de circuito interno do suicida no saguão do edifício. A imagem mostra um jovem com a mão direita dentro de uma sacola que está segurando com a mão esquerda.

Fotos publicadas por testemunhas em redes sociais após a detonação mostram o que parece ser um corpo estendido no chão diante das pesadas portas de madeira da entrada do prédio do FSB.

O porta-voz do Comitê Investigativo disse que a investigação ficará a cargo de Moscou e que o principal investigador da Rússia, Alexander Bastrykin, quer que os motivos do agressor e outros detalhes sejam estabelecidos o mais cedo possível.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below