November 4, 2018 / 5:54 PM / a month ago

Partido conservador de Merkel discute futuro após chanceler alemã deixar comando da sigla

BERLIM (Reuters) - A União Democrata Cristã (CDU), de chanceler alemã Angela Merkel, discutiu neste domingo se deve voltar a ter uma agenda mais conservadora quando Merkel deixar a presidência do partido, enquanto a disputa pela liderança da sigla esquenta.

O apoio a seu parceiro de coalizão Social Democrata (SPD), entretanto, atingiu recorde de baixa, de acordo com uma pesquisa publicada horas antes de membros seniores da CDU e do SPD discutirem o futuro dos partidos em reuniões a portas fechadas.

Merkel anunciou na semana passada que renunciaria ao cargo de líder do partido CDU em dezembro, encerrando uma era de quase duas décadas em que moveu gradualmente o partido mais poderoso da Alemanha da direita para o centro.

Sua decisão seguiu dois votos regionais em que o bloco de centro-direita de Merkel e o SPD de esquerda sofreram seus piores resultados eleitorais em décadas, enquanto o ecologista Greens e o Alternative for Germany (AfD)de extrema-direita ganharam apoio.

O ministro da Saúde, Jens Spahn, um dos três candidatos a substituir Merkel como líder do partido, disse que a CDU diluiu seu perfil ao se tornar centrista demais nos últimos anos.

(Por Michael Nienaber)

Tradução Redação São Paulo, +5511 56447719

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below