November 8, 2018 / 10:16 AM / a month ago

EUA e China devem garantir que conversas no G20 corram bem, diz diplomata chinês

Presidente dos EUA, Donald Trump, e presidente chinês, Xi Jinping 09/11/2017 REUTERS/Damir Sagolj

PEQUIM (Reuters) - Os Estados Unidos e a China precisam trabalhar para garantir que corram bem as conversas entre seus líderes durante a cúpula do G20 neste mês e que eles administrem suas divergências, disse um importante diplomata chinês, à medida que os dois países tentam se reaproximar.

Washington e Pequim têm imposto tarifas em centenas de bilhões de dólares de bens um do outro, e o presidente norte-americano, Donald Trump, ameaçou tarifar o restante das exportações da China para os Estados Unidos se a disputa comercial não for solucionada.

Trump e o presidente da China, Xi Jinping, devem se encontrar nos bastidores da cúpula do G20, que será realizada na Argentina entre o final de novembro e início de dezembro.

Os dois lados devem “administrar adequadamente suas divergências e se preparar cuidadosamente para garantir resultados positivos na reunião na Argentina”, disse o membro do Politburo Yang Jiechi ao conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton, em Washington, segundo o Ministério de Relações Exteriores da China.

“A China está comprometida a trabalhar com os EUA para alcançar uma cooperação sem confronto, sem conflitos e mutuamente respeitosa na qual os dois lados ganhem”, disse Yang, que lidera a comissão de Relações de Exteriores do governista Partido Comunista.

Reportagem de Ben Blanchard

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below