November 8, 2018 / 8:02 PM / in 10 days

EUA impõem novas sanções à Rússia por conta da Crimeia e de abusos de direitos

Departamento de Tesouro dos EUA 6/8/2018 REUTERS/Brian Snyder

WASHINGTON (Reuters) - Os Estados Unidos impuseram nesta quinta-feira sanções contra dois ucranianos, um russo e nove entidades na Rússia e na Ucrânia, por causa da anexação russa da Crimeia e de abusos de direitos humanos relacionados a isso, informou o Departamento de Tesouro dos EUA.

Uma das entidades que foi alvo de sanção —a Liability Company Southern Project— estava ligada ao Banco Rossiya e ao empresário russo Yuri Kovulchuk, disse o Departamento do Tesouro em comunicado.

“O Tesouro segue comprometido em mirar em entidades apoiadas pela Rússia que buscam lucrar com a anexação e ocupação ilegal russa na Crimeia”, disse Sigal Mandelker, subsecretário do Tesouro para terrorismo e inteligência financeira em comunicado.

As sanções buscam punir ainda mais Moscou pela sua anexação em 2014 da península ucraniana da Crimeia e por seu apoio a separatistas pró-Rússia no leste da Ucrânia.

Críticos do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, o acusaram de ser leniente com a Rússia e há uma pressão bipartidária no Congresso dos EUA para impor mais sanções sobre Moscou, incluindo pela intromissão do país nas eleições presidenciais norte-americanas de 2016. A Rússia negou envolvimento.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below