November 12, 2018 / 12:35 PM / a month ago

Conservador Seehofer deixará comando de partido aliado de Merkel no governo alemão

Ministro do Interior da Alemanha, Horst Seehofer 05/11/2018 REUTERS/Fabrizio Bensch

BERLIM (Reuters) - O ministro do Interior da Alemanha, Horst Seehofer, anunciou nesta segunda-feira que deixará a liderança da União Social Cristã (CSU), partido conservador da Baviera que integra a coalizão de governo da chanceler Angela Merkel.

“Entregarei meu cargo de chefe do partido”, disse Seehofer a jornalistas em Bautzen, cidade do leste alemão, acrescentando que o momento de sua renúncia será comunicado durante a semana.

Seehofer disse que deixar a liderança partidária não afeta seu trabalho no gabinete federal.

Sua renúncia chega depois de Merkel anunciar que seu quarto mandato como chanceler será seu último e que também abdicará da liderança da União Democrata Cristã (CDU), sigla aliada à CSU na esfera nacional.

Seehofer disse que sua decisão não foi motivada pelas derrotas de seu partido nas eleições estaduais da Baviera em outubro. “Estou tomando esta decisão para fazer de 2019 um ano de renovação para a CSU”, afirmou.

O ministro, de 69 anos, é aliado, mas também crítico, de Merkel, e lidera a CSU há dez anos.

Por Tassilo Hummel

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below