November 16, 2018 / 11:04 PM / a month ago

Flórida faz recontagem manual de votos em disputa apertada pelo Senado

Rick Scott faz discurso 6/11/2018 REUTERS/Joe Skipper

TAMPA, Estados Unidos (Reuters) - As autoridades eleitorais da Flórida realizavam nesta sexta-feira uma recontagem manual das cédulas para determinar quem venceu a disputa por um assento no Senado norte-americano, enquanto aproximadamente uma dezena de disputas ao redor do país continuava sem um vencedor, mais de uma semana depois das eleições. 

O governador da Flórida, o republicano Rick Scott, mantinha uma vantagem pequena contra o democrata Bill Nelson, que busca a reeleição no Senado, depois que a recontagem eletrônica foi completada, na quinta-feira. As autoridades têm até o meio-dia de domingo para reunir votos perdidos pelas máquinas eletrônicas de votação. 

A campanha de Scott pediu que Nelson desistisse, dizendo que era matematicamente impossível reverter a diferença de aproximadamente 12.600 votos, 0,15 por cento dos mais de 8 milhões de votos depositados. O advogado de Nelson, Marc Elias, disse que espera que a vantagem de Scott desapareça, à medida que a recontagem continua.

Nelson acusa Scott de tentar prejudicar a recontagem por meio de acusações sem fundamento de fraude nas eleições e disse que Scott, que, como governador, supervisiona as eleições, deveria se retirar do processo. O presidente republicano Donald Trump acusou várias vezes os democratas de fraude nas eleições.

Cenas de milhares de pessoas ao redor do Estado revisando cédulas lembraram a recontagem da eleição presidencial de 2000, que terminou apenas quando a Suprema Corte dos EUA interveio, concedendo a Presidência ao republicano George W. Bush.

O resultado da corrida entre Nelson e Scott não mudará o balanço de poder no Senado, no qual os republicanos aumentaram sua liderança na eleição de 6 de novembro, enquanto os democratas assumiram a maioria da Câmara dos Deputados.

Em outra eleição muito próxima na Flórida, o republicano Ron DeSantis parece ter assegurado o governo contra o democrata Andrew Gillum, depois que a recontagem eletrônica mostrou DeSantis com 0,4 por cento de liderança, fora da margem que leva à recontagem à mão. O Estado deve certificar o resultado na terça-feira. 

Por volta de 10 assentos da Câmara dos Deputados dos EUA continuam sem dono. 

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below